Make your own free website on Tripod.com

O nome da banda foi tirado da mitologia brasileira, onde o nome ANGRA significa 'DEUSA DO FOGO'. Uma imagem de beleza, mas também de poder destrutivo. ANGRA é um nome perfeito para descrever os 5 rapazes desta banda que fazem a música 'queimar' em sua agressividade, como também exalta sua elegância e prazer sonoro. ANGRA é uma banda essenciamente ligada ao Heavy Metal, mas sua melodia, que combina letras profundas com arranjos clássicos e incrível habilidade musical, conquista os melhores e mais exigentes ouvidos em todo o mundo.

Para comemorar a grande turnê do HOLY LAND e fornecer aos seus fãs algo diferente, o ANGRA lançou o EP HOLY LIVE, com seis músicas (total de 35 minutos) que foi gravado em Paris no AquaBoulevard, Salle Provencale em 15 de Novembro de 96. Este EP é uma boa lembrança para quem viu a banda ao vivo em qualquer parte do mundo. E quem não conseguiu ve-los tocando, é uma oportunidade para conhece-los um pouco mais. O mais afixionado fã na França pode encontrar um single de edição limitada com 4 faixas, sendo cada faixa uma versão diferente da música 'Make Believe'.

Terminando a turnê do Holy Land, a banda teve a oportunidade de visitar o Japão em janeiro de 97. Começando e encerrando em Tóquio, passando por lugares como Osaka e Nagoya, o ANGRA fez 49 shows no total. O set-list foi formado pelas melhores músicas dos álbuns Angels Cry e Holy land, além da cover de 'Painkiller' do JUDAS PRIEST, 'Raining Blood' do SLAYER, 'Wasted Years' do IRON MAIDEN e uma versão acústica de 'Reaching Horizons'. Depois desta turnê, a banda recebeu um DISCO DE OURO pelo álbum ANGELS CRY, num cerimônia feita em um jantar especial.

Sem que tivesse sido uma grande surpresa, o ANGRA decidiu voltar à Europa para fazer mais 20 shows, sendo 13 shows apenas na França. Além de 2 shows na Grécia, país onde a banda ainda nunca tinha tocado, mas que já era bem popular. Passaram pela Alemanha e finalizaram a turnê em Milão, Itália, onde o público chegou a 22.000 pessoas.

Enquanto a banda viajava por todo o mundo, a gravadora resolveu gravar o videoclip da música 'Make Believe'; que chegou rapidamente a parada da MTV brasileira, permandecendo 26 dias em primeiro lugar, passando na frente de grandes nomes como U2 e METALLICA. Leitores da premiada revista ROCK BRIGADE também elegeram o ANGRA como a melhor banda, como melhores membros individuais, letras e clip. Melhor vocalista com André Matos; melhor guitarrista, com Kiko Loureiro; melhor baixista, com Luis MAriutti e segundo melhor baterista com Ricardo Confessori (perdendo apenas para Igor Cavalera do SEPULTURA). Também eleito segundo melhor álbum com Holy Land (perdendo para o Roots do SEPULTURA). E foi escolhida como a melhor banda de todos os tempos que apareceu no Brasil.

Mas os prêmios não pararam por aí. A revista FLASH da Itália, escolheu ANGRA como a melhor banda; Holy Land como o melhor álbum e André Matos como o melhor vocalista. A METAL HAMMER da Grécia elegeu ANGRA como a segunda melhor banda (perdendo apenas para o STRATOVARIUS), André Matos como o melhor vocalista e terceiro melhor álbum. Na França, os leitores da revista HARD 'N' HEAVY escolheram ANGRA como a terceira melhor banda (perdendo para METALLICA e SEPULTURA); leitores da revista HARD FORCE, escolheram Holy Land como o terceiro melhor álbum do ano, segunda melhor banda. Melhor ainda, os ouvintes da rádio TSF escolheram o ANGRA como Revelação do Ano de 1996.

E então o crescimento dos fãs continuou, assim como os prêmios. Desde que a banda lançou em Março de 96, o álbum Holy Land, foram vendidas cerca de 2.250.000 cópias no Japão. Fãs dedicados e novos ouvintes da banda responderam entusiasmadamente para a nova visão musical do ANGRA para este álbum, que misturou melodias e ritmos brazileiros junto com a influência do Metal Clássico. O enfoque do álbum está voltada para a América do Sul, o Brasil em particular, com letras sobre a história e cultura nos dias de hoje. Principalmente a percussão, com sons nativos e melodias (principalmente a capoeira). Influenciados pelos ritmos brasileiros, a banda criou um estilo único. As letras foram escritas em 4 meses durante a permanência da banda no Brasil. O álbum foi gravado na Alemanha tendo com diretores Charlie Bauerfeind e Sascha Paeth do HEAVENS GATE. O álbum foi lançado simultaneamente na Ásia, Europa e América do Sul, com uma música bônus para a cópia japonesa. Uma edição limitada, de um EP com 3 músicas, foi lançada na França, outro país que o ANGRA é bastante popular.

ANGRA está sempre preocupado em manter seus fãs satisfeitos. Antes do EP Holy Live, a banda lancou um outro EP chamado FREEDOM CALL, que apresentava novas músicas e uma cover da música 'Painkiller' do JUDAS PRIEST, que também foi lançada no CD Tributo Century Media do JUDAS PRIEST. A música 'Freedom Call' foi escrita durante as sessões de gravação do álbum Holy Land. O disco também tem duas novas versões para 'Queen of the Night' e 'Reaching Horizons', que foi a primeira demo da banda.

O ANGRA tem tido uma agenda extremamente ocupada ao longo desses anos, no final de 96 ainda não tiveram descanso. tiveram 23 shows para fazer pela Europa, onde fãs da Holanda, Espanha, Portugal, França, Alemanha e Itália tiveram a chance de ver de perto os nossos brasileiros tocarem. Depois, a banda veio para o Brasil, já com o novo material, e ficaram em turnê de Julho até Outobro, incluindo 2 shows lotados realizado no Palace em São Paulo (cerca de 6.000 pessoas) e no Aramacan (cerca de 10.000 pessoas). É claro que eles ainda tiveram um público bem maior quando tocaram no Festival Monsters of Rock da Argentina (quase 55.000 pessoas). E o grande teste, foi quando o ANGRA abriu o show do AC/DC no dia 12 de Outubro de 97. O show com quase 45.000 pessoas, que aceitaram muito bem a banda. Depois desse show, ainda voltaram para a Europa, terminando a turnê com o Palace, absolutamente lotado, em Dezembro.

Já com tanto sucesso, a banda começou a receber vários convites de revistas especializadas em Heavy Metal, para que eles incluíssem pequenos artigos em suas edições. E revistas respeitadas como Aardschock, Mindview, Metallian, Hard 'n' Heavy, Madhouse, Soundcheck, Planéte Hard. Até uma revista esportiva chamou Kiko Loureiro e a\André Matos para uma entrevista junto com Raí. Um ano depois, o album Holy Land ainda dava sinais de vida, sendo que o ANGRA ainda teve os prêmios de melhor tecladista, melhor vocalista e melhor baixista pela revista brasileira ROCK BRIGADE. Além de André Matos ser premiado como melhor vocalista pela revista METAL HEAD.

Ainda cruzando as ondas aéreas, o ANGRA se tornou popular no Brasil quando as estações de rádio 89 FM, Transamérica e Brasil 2000 FM, começaram a divulgar a banda com música na programação, além de entrevistas especiais e promoções para os fãs. 140 estações de rádio alemãs participaram da produção do 'Horror Infernal / Rising Sun', e ouvintes franceses escolheram o ANGRA como a segunda melhor banda de acordo com 64 estações de rádio. E estes rapazes também não ficaram de fora da televisão. Os rostos do ANGRA tem sido mostrado frequentemente em muitos programas da TV brasileira como o Metrópolis (TV Cultura), Video Show (TV Globo), Jô Soares (SBT), MTV no Ar, Gás Total, Palco MTV e, é claro, no programa Fúria da MTV Brasileira.



HOME PAGE melhor visualizada com o Internet Explorer 4.0, com resolução de 800 x 600 e em 256 cores.
Copyright© 1999
WebMaster All right reserved®.