Make your own free website on Tripod.com
Pitbull: Vilão ou Vítima?


Mais Informações
  • Como lidar com cães violentos?
  • Você é a pessoa certa para criar um pitbull?
  • Casos recentes de pitbulls na mídia
  • Outras páginas de interesse na internet



    Brigas de Cães
    DENUNCIE!



    Participe!
  • Deixe uma mensagem em nosso quadro de avisos
  • Ajude a divulgar esta página



    Sobre a página
    Copyright
    E-mail
  •             
            Pitbull: Vilão ou Vítima?
    Desmitificando a raça


    Muito tem se falado do pitbull. Será esta uma raça de cães assassinos em potencial? Ou será apenas mais uma vítima da falta de informação do público?

    Assim como o bulldog, o American Pitbull Terrier é um cão que foi desenvolvido para brigas com touros e ursos. É extremamente forte e pode se tornar agressivo com o treinamento específico. No entanto, também pode aprender a ser pacífico e obediente. A raça como um todo possui certa tendência à combatividade, mas os filhotes não nascem agressivos. Se bem educado, o pitbull pode se tornar sociável e extremamente fiel ao seu dono, obedecendo a todos os comandos. Cães descontrolados, que atacam pessoas na rua, são frutos da ignorância - ou má fé - de seus donos.

    É importante lembrar que freqüentemente são construídos mitos em torno de certas raças. Já foram vítimas o dobermann, o rottweiller e diversas outras raças de cães de guarda. Na mídia, ressalta-se sempre a ameaça que o cachorro e sua raça representam, freqüentemente deixando-se de enfatizar a imaturidade, a ignorância e a irresponsabilidade dos donos. O cão é sempre o vilão, que ataca sem ser comandado e até mesmo ataca o próprio dono, quando este tenta controlá-lo. Poucas pessoas sabem, no entanto, que este comportamento provém da criação inadequada do filhote e não de uma possível agressividade inerente ao cão ou à raça.

    O que mais se vê atualmente são indivíduos inescrupulosos que treinam seus cães tornando-os violentos, como uma forma de reafirmar sua masculinidade e mostrar poder. Não é à toa que a raça está sendo associada a pessoas que praticam artes maciais com os mesmos objetivos.

    Desta forma, todos os criadores e admiradores da raça pitbull estão arcando com as conseqüências de tais pessoas irresponsáveis, uma vez que a opinião pública foi voltada contra a raça e estão sendo votados projetos de lei em vários estados brasileiros em prol da eliminação do American Pitbull Terrier.

    A idéia de proibir a raça, sacrificar ou mesmo castrar animais violentos é absurda se for tomada como uma medida isolada, pois logo serão encontradas outras raças que se encaixem nos objetivos das pessoas que atualmente criam animais agressivos. Tem-se sim que atacar a raiz do problema, punindo os responsáveis pelos acidentes.


    Leia a carta que Matheus Schier Brock me enviou.



    Briga de cães - DENUNCIE!

    Rinha não é esporte, é uma prática criminosa, fruto de mentes doentias.

    Além da crueldade com os animais, muitas vezes, as rinhas estão ligadas a outras atividades ilegais e criminosas. Alguns fatos:

  • os animais são obrigados a lutar até que um deles morra ou o dono desista em virtude de ferimentos agravados
  • as pessoas envolvidas em brigas de cães freqüentemente estão envolvidas também em jogos ilegais, tráfico ou posse de drogas e armas ilegais.
  • as pessoas envolvidas em brigas de cães têm, em sua maioria, histórico de atitudes violentas ou criminosas em relação a pessoas.
  • os cães treinados para briga tornam-se mais violentos e atacam as pessoas sem motivos aparentes.
  • não é raro que as pessoas envolvidas em brigas de cães levem crianças para assistir as rinhas.
  • a degradação dos animais que participam de rinhas é extremamente grave - o gasto do dono de um cão vencedor com o veterinário, sai, em média, por 600 reais.

    Locais de possível atividade de brigas de cães:
  • casas abandonadas
  • garagens
  • ferro-velhos
  • porões
  • galpões
  • fazendas e sítios

    Outras raças envolvidas em rinhas:
  • Boxer
  • Bulldog
  • Bullmastiff
  • Bull Terrier
  • Dogo Argentino
  • Dogue de Bordeaux
  • Mastiff
  • Mastim Napolitano
  • Tosa Inu

    Características de cães de briga:
  • orelhas curtas, muitas vezes amputadas
  • feridas e machucados constantes
  • cicatrizes na cabeça, pescoço, pernas e orelhas
  • cicatrizes de pontos e de lacerações
  • feridas constantes com sangramento notável




    Ajude a divulgar esta página!



    Coloque o gif acima em sua página, com link para : http://members.tripod.com/pitbull_hp/pitbull.html ou envie esta página para seus amigos.
    Contamos com sua colaboração!!!



    Informação sobre Copyright:
    A foto da cadela na parte superior desta página foi retirada da
    Nicke's Pitbull Page e está sendo usada sob permissão. Para utilizá-la, contacte o webmaster da página. *E-mails em inglês*.

    Quaisquer dúvidas ou contribuições deverão ser enviadas para mdeth@esquadro.com.br.


    http://members.tripod.com/pitbull_hp/pitbull.html
    http://get.to/pitbull