Make your own free website on Tripod.com
Vozes Femininas Portuguesas

Lura

"Antigamente, no tempo em que o mundo era ainda um lugar ilimitado e misterioso, os cartógrafos anotavam a medo nas margens dos seus mapas - daqui em diante só há dragões. Eu atrevo-me, olhando para o futuro como naquela época os cartógrafos olhavam para o mundo, a assinalar no mapa de Lura: Daqui em diante tudo será luz. O fulgor das grandes canções.  Obrigado Lura."

(José Eduardo Agualusa)


lura-cv.jpg
Lura

Uma das mais promissoras vozes da música caboverdeana da atualidade nasceu, em verdade, em Lisboa, em 1975. Filha de caboverdeanos que imigraram para Portugal, Lura foi pouco a pouco tomando consciência de suas origens e de sua identidade caboverdeana, ainda que seja cidadã lusitana e naquele país europeu tenha construído sua carreira.

Seu envolvimento com o meio artístico começou cedo, com participações em projetos teatrais e corais, mas sua carreira como cantora despontou em 1996, aos vinte e um anos, quando gravou seu primeiro álbum, cuja canção título, "Nha Vida", foi um sucesso imediato que lhe rendeu um convite para participar do importante projeto discográfico "Red Hot + Lisbon", o qual reuniu grandes nomes da música lusófona. Em 1998, acompanhou Cesária Évora, o maior nome da música caboverdeana, em dois importantes projetos: abriu os espetáculos daquela cantora na Expo'98 e participou, em Paris, da série de concertos do projeto 'Cesária & friends'.

Tendo aprendido o crioulo caboverdeano de seus colegas de escola e de seus familiares, em pouco tempo Lura já era capaz de falar fluentemente e também compor nessa língua-símbolo de Cabo Verde, que hoje a cantora considera como sendo sua língua materna.

Em 2002, lançou seu segundo álbum, 'In Love', e em novembro de 2003, Lura foi uma das três cantoras escolhidas para o projeto "Women of Cape Verde", uma série de concertos realizada no Reino Unido, o que lhe rendeu convites e o lançamento de seus álbuns em diversos países europeus.

Com sua voz suave e poderosa ao mesmo tempo, Lura passeia em diversos ritmos, da Morna caboverdeana ao Rythm 'n Blues, do Pop ao Jazz, com igual desenvoltura. A jovem cantora, aliás, já é tida como a precursora do que seria a "nova música caboverdeana". Infelizmente, o Brasil ainda não teve qualquer de seus álbuns editados - resta-nos ouvir a belíssima faixa "Nha Vida", do álbum "Red Hot + Lisbon", que no Brasil ganhou uma versão intitulada "Hoje no Mar" no álbum de estréia do cantor André Gabbeh.
 
Em 2004, foi lançado o belíssimo 'website' de Lura, bem como um DVD referente ao seu mais recente trabalho fonográfico.  Seu mais recente trabalho, 'M'bem di fora', foi lançado em 2006.  Segundo a cantora, é uma homenagem aos migrantes que vem do interior em busca de oportunidades nos grandes centros urbanos.  A turnê do novo álbum inclui concertos na Turquia, Alemanha, França, Brasil, Espanha, Austrália e Itália. 

nhavida.jpeg
Nha Vida(1996)

inlove.jpg
In Love (2002)

dikorpu.jpg
Di Korpu Ku Alma (2004)

lura.gif
'M'bem di fora' (2006)

Clicando na imagem principal você terá acesso ao site oficial da cantora.  Algumas das fotografias são também "links" para outros "sites" sobre a artista.